sábado, 19 de agosto de 2017

Existe partido político menos corrupto?

A cada escândalo de corrupção, surgem partidários acusando adversários. Mas seja qual for o governo, os escândalos são os mesmos. Não existe diferença entre qualquer sigla partidária após as eleições. O posicionamento pode variar para ganhar votos, mas na hora de governar todos adotam as mesmas práticas.


Os doadores de campanha são os mesmos. Os aliados são os mesmos. Muitas vezes até os ministros são os mesmos, por que o governo seria diferente?



Em delação premiada, executivos e ex-executivos da Odebrecht envolveram pelo menos 415 políticos de 26 partidos.



Nas delações do presidente e diretor de Relações Institucionais do grupo J&F constam 1.829 políticos de 28 partidos entre candidatos a presidente, governador, senador, deputado federal e deputado estadual.


Entre os partidos que não foram citados, estão PSOL, PCB, PCO e PSTU, siglas de esquerda que não aceitam doações de empresários. Destes, apenas o PSOL possui representantes eleitos no Congresso.



São literalmente meia dúzia em um Congresso formado por 513 deputados, são eles: Chico Alencar, Edmilson Rodrigues, Glauber Braga, Ivan Valente, Jean Wyllys e Luiza Erundina.


Ainda sem candidatos eleitos, por ter participado apenas das eleições municipais, a Rede Sustentabilidade é outra sigla em busca de meia dúzia de parlamentares que não constam na lista dos escândalos de corrupção.



Os deputados filiados à REDE são Alessandro Molon, Aliel Machado, João Derly e Miro Teixeira. O partido conta também com o senador Randolfe Rodrigues.

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Pirâmide financeira explicada em desenho animado

Você já deve ter recebido uma proposta imperdível de investimento que consistia basicamente em recrutar novos membros e que tornaria todos os participantes ricos em pouco tempo. É claro que é um golpe, mas pega muita gente desavisada que acaba perdendo boa parte do valor investido.

Para ajudar a entender como funciona o esquema, a série de animação Os Jovens Titãs Em Ação, exibida no Brasil pelos canais Cartoon Network e SBT, dedicou um episódio ao assunto.



Pela legislação brasileira, a prática de pirâmide financeira configura crime contra a economia popular. A lei n° 1.521, de 26 de dezembro de 1951, estabelece pena de 6 meses a 2 anos de prisão, além de multa, para o crime de "obter ou tentar obter ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos".

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Moedas de 1 real que valem mais de 100 reais

Todos os dias recebemos moedas de um real como troco na padaria ou supermercado. Algumas delas valem mais de 100 reais entre os colecionadores e muita gente não imagina que está perdendo dinheiro ao repassá-las apenas pelo valor de face.


Uma delas foi emitida em 1998, com motivo alusivo à celebração dos cinqüenta anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, na quantidade limitada de 600 mil peças.

Outras moedas disputadas pelo colecionadores são as comemorativas da olimpíada do Rio de Janeiro. Lançadas em 2016, foram emitidas 20 milhões de cada modalidade esportiva e são comercializadas em torno de 4 reais cada uma. Mas uma delas foi lançada após a cerimônia de encerramento da olimpíada de Londres e teve tiragem menor.

São apenas 2 milhões moedas, o que acabou valorizando a peça e fazendo com que também seja comercializada por mais de cem reais entre os colecionadores.  

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Site oferece descontos para produtos que você comprar no supermercado

Uma das dificuldades de aproveitar descontos na internet é o custo do frete. Às vezes o preço da entrega acaba saindo mais caro do que o produto. A novidade é comprar pela internet, adquirir o produto no supermercado mais próximo e receber o reembolso enviando o cupom fiscal pelo site.


Com descontos em torno de 50%, o site off3r.com.br traz ofertas diariamente que podem ser adquiridas pelo usuário com reembolso em até um dia útil após o envio da chave de acesso que consta no cupom fiscal.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Artistas criam campanha para pressionar deputados a votarem contra Temer

Uma boa parte da classe artística se reuniu para cobrar os deputados para que aceitem a denúncia do Ministério Público e o presidente Michel Temer seja afastado do cargo.



No site 342 Agora há um placar atualizado em tempo real com a intenção de voto de cada parlamentar e infográficos explicativos do processo de votação.



A proposta da iniciativa é utilizar as redes sociais para pressionar os deputados até reunir os 342 votos necessários para o prosseguimento da investigação.



Entre os apoiadores estão Glória Pires, Martinho da Vila, Karol Conka, Caetano Veloso, Wagner Moura, Aline Moraes, Seu Jorge, Leandra Leal, Criolo, Adriana Esteves, Jorge Vercillo, Maria Gadú, Fernanda Lima, Débora Falabella, Camila Pitanga, Letícia Sabatella, Bruno Gagliasso, Maria Casadevall, Nando Reis, Vanessa Gerbelli, Raí, Fernanda Abreu, Samuel Rosa, Sônia Braga, Daniel de Oliveira, Tonico Pereira, Bebel Gilberto, Vanessa da Mata, Fioti, Fábio Assunção, Lia Sophia, Raí, Paulo Ricardo, Patrícia Bastos, Paulo Miklos, Enrico de Miceli, Mateus Solano, Rogério Flausino, Louise Cardoso, Otto, Luís Miranda, Daniel Filho, Daniela Mercury, Frejat, Marcelo D2, Céu, Débora Bloch, Ziraldo, Débora Nascimento, Marina Person, Tico Santa Cruz, Cláudio Ohana, Nanda Costa, Drica Moraes, Sandra de Sá, Nelson Freitas, Júlia Lemmertz e muitos outros.

sábado, 24 de junho de 2017

Dentista brasileira cria gel que remove cáries sem dor

A pesquisadora brasileira Sandra Kalil criou um gel inovador, que é fabricado com a casca do mamão e elimina as terríveis cáries. Com ele, o desagradável motorzinho do dentista é deixado de lado, além disso, a remoção das cáries é feita de forma bem mais suave, sem prejudicar os dentes.



O gel amolece a cárie e permite que ela seja retirada com uma cureta, sem necessidade de anestesia. A Dra. Sandra desenvolveu a pesquisa com papaína no centro de pesquisas da Universidade de Santos e na USP. O gel é à base de papaína, enzima extraída da casca do mamão papaia verde. A enzima tem ação seletiva e não ataca o tecido sadio dos dentes. Associada à cloramina, a papaína amolece as cáries.




A dentista se inspirou em uma conversa com a mãe, que contou que a casca do mamão era usada para amolecer a carne. Ela associou essa capacidade ao potencial cicatrizante da substância, eficiente em queimaduras e feridas. Testou várias composições e chegou à fórmula ideal. A ação é rápida e demora cinco minutos: o gel é colocado na cárie e amolece o tecido contaminado, que depois é retirado com uma cureta.

O gel papacárie custa 86 reais e pode ser usado em até 60 ou 70 dentes, o que torna o procedimento acessível a todos.

terça-feira, 6 de junho de 2017

Teste de Humanidade

Em 2015, durante uma viagem à Uganda, na África, o papa Francisco afirmou que a forma como o mundo reagiria à crise dos refugiados seria um teste de humanidade. Faz sentido, enquanto uns se mostram indiferentes à necessidade alheia, outros se preocupam e buscam soluções que auxiliam quem perdeu tudo a recomeçar.


Na Alemanha, um site foi criado para conectar pessoas dispostas a receber refugiados em sua própria casa e a ideia se espalhou por diversos países.



E você, o que acha das iniciativas em favor dos refugiados? É a favor de políticas que facilitem a entrada deles em seu país?

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Prefeito italiano oferece 2 mil euros para atrair novos moradores

Com apenas 394 habitantes, a cidade de Bormida, no noroeste da Itália, pretende oferecer 2 mil euros para quem comprar uma casa no vilarejo. O objetivo da medida é repovoar a localidade, que chegou a ter mil habitantes na década de 50, mas desde então vem sofrendo com o esvaziamento populacional.



A prefeitura já tenta outras maneiras de atrair novos habitantes, como oferecer aluguel de casas a preços entre 50 e 120 euros por mês, dependendo do tamanho do imóvel. As residências são distribuídas por meio de uma licitação pública, e as próximas devem acontecer dentro de dois meses.

terça-feira, 9 de maio de 2017

Menos Esquerda x Direita, Mais Liberdade x Ditadura

Em tempos de polarização política, esquerda e direita se atacam quando o mais importante deveria ser a luta contra o autoritarismo, independente da política econômica adotada.



Não faz sentido defender ditaduras de esquerda ou direita. Historicamente, os danos dos governos de Stalin, Pol Pot, Mugabe, Hitler, Mussolini ou Pinochet foram igualmente desastrosos para a humanidade.



Ao invés de discutir se o nazismo era um movimento de esquerda ou direita, que tal defender o pacifismo contra o autoritarismo?

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Que tal um e-mail que paga para você responder suas mensagens?

Depois do Facebook e LinkedIn oferecerem o serviço pago de envio de mensagens, uma empresa chamada 21 lançou um e-mail que o usuário ganha dinheiro por cada mensagem respondida.


Depois de criar a conta e receber um valor inicial pelo cadastro e configuração, o usuário pode escolher quanto deseja cobrar pela sua resposta. As transações utilizam bitcoin, a moeda virtual que já vale mais de 1.500 dólares, e seguem a cotação atualizada.

Entre os profissionais disponíveis para receber perguntas estão presidentes de empresas, investidores, empreendedores, programadores, designers, advogados, cientistas, estudantes e muitos outros. É uma ótima alternativa para fazer novos contatos e esclarecer dúvidas. E o valor arrecadado também pode ser doado para uma instituição de caridade.

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Buscando Histórias

Você gostaria de conhecer como é um dia na vida de cada pessoa e descobrir o que pensam e sentem? Este é Looking for Stories, uma websérie documental que mostra a vida das pessoas e suas emoções de um lado a outro do mundo.



Dirigido pelo espanhol Joan Planas, a websérie estreou na China em 25 de outubro de 2012 em espanhol e em inglês. A primeira temporada, de 12 histórias na Espanha, China e Filipinas, foi realizada com financiamento próprio e a segunda temporada, também com 12 histórias na China, Tailândia, Camboja, Birmânia e Espanha, financiada por uma campanha de crowdfunding que ajudou a cobrir parte dos gastos da filmagem na Ásia.


Para documentar as histórias, são gravadas cenas da vida do protagonista durante um dia ou até uma semana, mostrando o que lhe caracteriza e conhecendo o seu dia-a-dia. O resultado são lições de vida e muita diversidade em vídeos muito bem produzidos, vale conferir.

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Vagas para trabalhar em qualquer lugar do mundo

O sonho de conhecer outros países parece distante, mas o número de oportunidades de trabalho ao redor do mundo pode torná-lo realidade.



Sites como Worldpackers, WWOOF, Workaway, HelpX, HouseCarers e TrustedHousesitters oferecem hospedagem e alimentação em troca de trabalho voluntário.


Além de reduzir os custos da viagem consideravelmente, o intercâmbio de trabalho possibilita uma imersão cultural ainda maior pela vivência do dia-a-dia no país escolhido.


“O conceito de work exchange é basicamente trabalhar em alguma área – pode ser em projetos ambientais, em educação de crianças ou adultos, em turismo e hotelaria, em fazendas e produções agrícolas, e muitas outras – em troca de hospedagem e alimentação.”


Outra opção muito utilizada para baratear os custos do turismo são os trabalhos temporários em navios de cruzeiro, estações de ski, parques, bares, restaurantes e hotéis, que podem ser encontrados através dos sites Anywork Anywhere, SummerJobs e PickingJobs.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Vamos falar sobre fracasso?

Palestras sobre casos de sucesso não faltam, mas o que poucos contam são os seus fracassos e o que aprenderam com experiências negativas.



Criado em setembro de 2012, no México, o Fuckup Nights começou como um desabafo no bar entre amigos. Atualmente, o evento acontece em mais de 196 cidades, espalhadas por 67 países.


A cada encontro, quatro empreendedores compartilham seus fracassos e contam como superaram suas falhas, mostrando que o erro faz parte do aprendizado. O próprio evento é um exemplo de como o fracasso pode ser utilizado como crescimento.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Liberstad, um projeto de cidade libertária na Noruega

Liberstad é um projeto que pretende estabelecer a primeira cidade libertária da Noruega, onde toda a propriedade será privada e todos os serviços serão prestados por agentes privados. A cidade será construída seguindo a filosofia anarquista, o princípio da não-agressão e direitos de propriedade.



John Holmesland, responsável pelo empreendimento, e sua equipe, começaram a procurar propriedades em agosto de 2015 e encontraram a fazenda Tjelland, situada no município de Marnardal, no sul da Noruega, com o “tamanho apropriado, localização, internet e conexão elétrica, abastecimento de água, bom terreno para construção e nenhum morador permanente nas propriedades vizinhas”.




De acordo com Holmesland, o objetivo a longo prazo é transformar Liberstad em uma cidade-estado autônoma com sua própria economia, semelhante a Hong Kong, Cingapura ou mesmo Mônaco, mas sem política, impostos e políticos. Os serviços básicos da cidade, como escolas, hospitais, casas de repouso, segurança, coleta de lixo, tribunais e companhias de seguros serão fornecidos “no mercado interno ou através de organizações voluntárias isentas de qualquer imposto.

domingo, 12 de março de 2017

Entre Fronteiras e a Ilha Brasileira

Na série Entre Fronteiras, o documentarista Luís Nachbin busca histórias inéditas e inspiradoras, por dezenas de fronteiras do Brasil e da África. Nachbin viaja sozinho – ele mesmo opera câmera e faz a captação de áudio ao entrevistar os personagens. O resultado é uma abordagem mais intimista, em interações que se desenvolvem com muita espontaneidade. Por ser um viajante solitário, Nachbin é acolhido de forma diferente pelos seus anfitriões, que revelam seus cotidianos, seus sonhos, suas angústias com naturalidade, enquanto o espectador conhece a cultura local.


No sul do Brasil, fronteira com Uruguai e Argentina, está a ilha de nacionalidade duvidosa e nome sugestivo: Ilha Brasileira. O cenário verde, cercado de rios, é o pano de fundo para uma história de dedicação. Seu Zeca, com mais de 90 anos, passou as últimas cinco décadas cuidando e ajudando a preservar a ilha. Para muitos, ele se tornou a fronteira em carne e osso. A rotina desse humilde herói é desvendada por Luís Nachbin.



Situada exatamente na tríplice fronteira do Rio Grande do Sul com a Argentina e o Uruguai, a Ilha Brasileira é praticamente desconhecida. Seu Zeca foi o único morador e atualmente existe um projeto de transformar a área de 200 hectares em um parque municipal de preservação ambiental.

Com mata nativa, a região é rica em biodiversidade com muito potencial para se tornar uma atração turística ecológica.

domingo, 5 de março de 2017

Aplicativos que deveriam existir

Os aplicativos revolucionaram o telefone, passamos mais tempo conectados utilizando aplicativos do que fazendo ligações, mas quais aplicativos ainda estão faltando no celular?


Com a maioria da população conectada, a tendência são os aplicativos se tornarem ainda mais presentes no dia-a-dia.



 Seguem as minhas sugestões.
  1. mostrar onde encontrar o produto mais barato;
  2. perguntar qualquer coisa e alguém responder;
  3. cantarolar qualquer parte da música e alguém identificá-la;
  4. compartilhar dicas do que fazer e onde ir;
  5. classificados de compra e venda local;
  6. encontrar profissionais da região;
  7. listar e sugerir filmes, músicas e eventos de acordo com o perfil do usuário;
  8. histórico de consultas médicas com diagnósticos e medicação;
  9. reunir pessoas por afinidade para conversar sobre seus assuntos preferidos;
  10. registro das refeições diárias com orientação nutricional;
  11. registro das informações de uso do veículo sugerindo ajustes e manutenção;
  12. conectar produtores e consumidores sem intermediários;
  13. agendar atendimentos e mostrar o tempo de espera;
  14. cardápio online que permita pedir pelo próprio aplicativo;
  15. pesquisar locais para prática esportiva e equipes disponíveis.
E você, quais aplicativos gostaria de ter no seu celular?

sexta-feira, 3 de março de 2017

O Fim do Sonho Americano

Em uma série de entrevistas realizadas durante quatro anos, o linguista, filósofo e cientista político Noam Chomsky discute como a concentração de riqueza e poder entre uma pequena elite polarizou a sociedade americana e provocou o declínio da classe média.


Chomsky aborda a economia, política e sociedade, baseado em 10 princípios da concentração de riqueza e poder, que foram colocados em prática pela elite americana nos últimos anos para transformar os Estados Unidos em uma plutocracia (sistema político no qual o poder é exercido pelo grupo mais rico), não mais numa democracia.



Seguindo a receita neoliberal, a riqueza se mantém na mão de poucos enquanto os demais trabalham para manter o sistema funcionando.
  1. Reduzir a democracia
  2. Moldar a ideologia
  3. Redesenhar a economia
  4. Deslocar o fardo de sustentar a sociedade para os pobres e classe média
  5. Atacar a solidariedade
  6. Controlar os reguladores
  7. Controlar as eleições
  8. Manter a ralé na linha
  9. Fabricar consensos e criar consumidores
  10. Marginalizar a população
Com os custos de direitos básicos, como moradia, saúde e educação cada vez mais altos, o sonho americano de enriquecer através do trabalho se torna praticamente inacessível.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Os ensinamentos de Botso

Nascido na antiga República Soviética da Geórgia, ele chegou a conhecer Joseph Stalin, que, um ano e meio depois, ordenou a execução de seu pai.


Wachtang "Botso" Korisheli suportou anos de sofrimento nas mãos dos exércitos soviético e nazista durante a Segunda Guerra Mundial, até chegar aos Estados Unidos, onde se tornou um professor de música que mudou a vida de gerações de alunos.


Mesmo depois de tanta dor, Botso mantém um amor não só pelas artes, mas pela humanidade e pela própria vida. Seus ensinamentos vão além da música e marcam a vida dos seus alunos para sempre.

"Mais conversa, menos exames" propõe a Medicina Sem Pressa

Como alternativa à consulta de cinco minutos e excesso de exames e receitas, surgiu a slow medicine, a medicina sem pressa. O assunto ganhou destaque na reportagem da BBC Brasil e no debate do Jornal da Cultura.



Consultas mais demoradas são um dos pilares da filosofia. A ideia é que o paciente seja visto como uma pessoa completa, não como um conjunto de enfermidades. Como na medicina de família, a ênfase é na saúde e prevenção, não na doença.


Outro aspecto da medicina atual que é criticado pelos adeptos da slow medicine é o excesso de pedidos de exames e prescrição de medicamentos. Além de multiplicar os custos e transformar a medicina em negócio, não é tão eficaz quanto investigar um pouco mais a fundo e prestar mais atenção ao quadro clínico do paciente.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

A poesia de Lucas Afonso

O MC paulistano Lucas Afonso vem se destacando com suas poesias e chegou a participar da Copa do Mundo Slam de Poesia em Paris no ano passado.



O primeiro contato com a música foi nas rodas de samba que aconteciam no bairro em que mora, e por meio de atividades na escola conheceu o rap. Desde então, não parou mais de escrever, usando os fatos de seu cotidiano como inspiração para suas letras.



Após tomar gosto pela escrita, Lucas Afonso encontrou nos saraus a oportunidade ideal para expressar suas ideias.



Os slams são espaços coletivos de trocas poéticas surgidos na década de 1980 em Chicago. Nos campeonatos, a regra básica é que cada poeta faça uso de textos autorais de até três minutos, sem acompanhamento musical ou uso de adereços.



Além do trabalho como rapper e slammer, ele também integra o coletivo Filhos de Ururaí, que faz intervenções poéticas dentro dos trens e metrôs de São Paulo.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Teste para identificar se o filme é machista

A princípio, pensamos que um filme é machista apenas quando este dá demonstrações explícitas de preconceito. Mas, um teste imaginado por uma amiga da cartunista Alison Bechdel ajuda a entender que boa parte dos filmes em cartaz no cinema são realmente machistas.


A regra, publicada nos quadrinhos de Bechdel, estabelece que ela apenas assistiria filmes que satisfaçam três requisitos básicos. Primeiro, precisa ter pelo menos duas mulheres. Segundo, que elas conversem uma com a outra. E, terceiro, que o assunto dessa conversa não seja um homem.

Um site dedicado ao teste, já avaliou sete mil filmes e 40% deles falharam em preencher a regra. Desde filmes mais antigos, como a trilogia original de Star Wars, até filmes recentes, como A Rede Social, Avatar e a trilogia de Senhor dos Aneis.



O teste, aparentemente simples de atender, chama a atenção para o quanto o machismo ainda é presente em nossa sociedade e serve de alerta para o tipo de mensagem que estamos perpetuando.

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Discurso de Trump vira piada na Europa

Começou na Holanda, no programa Zondag met Lubach, do canal de TV VPRO. O vídeo dá as boas-vindas ao presidente Donald Trump parodiando seu discurso de posse.



A brincadeira se espalhou e outros programas de televisão europeus estão criando suas versões destacando a importância de seus países e o que Trump apreciaria por lá.



Na diplomacia, o governo Trump já é um desastre, mas para os comediantes é matéria-prima que não acaba mais.



A disputa pelo segundo lugar está acirrada e promete render muitas risadas das loucuras do novo presidente americano. Confira todos os vídeos no site everysecondcounts.eu

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Você não pode ser neutro em um trem em movimento

Ativistas do Greenpeace penduraram nesta quarta-feira um grande cartaz com a palavra "Resistir" em uma grua de construção perto da Casa Branca para protestar contra o presidente americano, Donald Trump.




A organização ambientalista afirmou que o objetivo da ação é criticar o que chamou de a negação de Trump às mudanças climáticas, seu racismo, misoginia, homofobia e intolerância.

Além da ação próximo à Casa Branca, também está sendo divulgado um vídeo com um trecho do livro Você Não Pode Ser Neutro Num Trem Em Movimento, de Howard Zinn.



“As coisas boas que foram feitas, as reformas que foram feitas, as guerras que foram interrompidas, os direitos das mulheres que foram ganhos, o racismo que foi parcialmente extirpado na sociedade, tudo isso não foi feito por um decreto do governo, Não foi feito pelos três poderes. Não foi feito por aquela estrutura que nós aprendemos na escola, que dizem ser a democracia. Tudo foi feito por movimentos de cidadãos. E tenha em mente que todos os grandes movimentos no passado surgiram de pequenos movimentos, de pequenos grupos de pessoas que se reuniram aqui e ali. Quando um movimento é forte o suficiente, não importa quem está na Casa Branca; O que realmente importa é o que as pessoas fazem, o que as pessoas dizem e o que as pessoas exigem.”

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Pergunta importante na hora de votar: Quanto custa o seu candidato?

Não é fácil encontrar candidatos que valem o voto, mas algumas iniciativas ajudam a descobrir quanto o político realmente custa aos cofres públicos.


De acordo com o site Congresso em Foco, os deputados federais custam R$ 1 bilhão por ano. Isso porque além de salário e diversos benefícios como auxílio-moradia, também recebem um valor entre 30 e 45 mil por mês para usar com despesas pessoais.

A cota parlamentar inclui passagens aéreas, fretamento de aeronaves, alimentação do parlamentar, cota postal e telefônica, combustíveis e lubrificantes, consultorias, divulgação do mandato, aluguel e demais despesas de escritórios políticos, assinatura de publicações e serviços de TV e internet, contratação de serviços de segurança.

Legalmente, é permitido gastar à vontade desde que sejam comprovados através de nota fiscal, o que já abre margem para desperdício de dinheiro público. Além disso, não são poucos que apresentam notas superfaturadas e desviam dinheiro apresentando notas frias.

A transparência e o acesso à informação estão previstos como direito do cidadão e dever do Estado na nossa Constituição Federal e em diversos normativos, como a Lei de Responsabilidade Fiscal - LRF (Lei Complementar n.º 101/00), a Lei da Transparência (Lei Complementar nº 131/09), e, mais recentemente, a Lei de Acesso à Informação - LAI (Lei nº 12.527/11).

Aproveitando esses dados, grupos de ativistas como a Operação Política Supervisionada e Operação Serenata de Amor prestam um excelente serviço à população apurando irregularidades e forçando parlamentares a devolverem indenizações indevidas.


Agora, cabe a cada um de nós fiscalizar e escolher candidatos que não desperdiçam nem desviam dinheiro público.

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Site recebe apostas para nome do próximo ministro do Supremo Tribunal Federal

O site Bumbet está recebendo apostas para o nome do novo ministro do Supremo Tribunal Federal que irá substituir o juiz Teori Zavascki.


Entre os favoritos, estão Mariz de Oliveira e Sérgio Moro e o apostador receberia sete vezes o valor apostado. Outros nomes como Heleno Torres, Luiz Antônio Marrey, Isabel Galotti, Luís Felipe Salomão, Ricardo Villas Cueva e Ives Gandra Filho também aparecem com mais apostadores e pagaria oito vezes o valor da aposta.

Entre os nomes menos prováveis, Clémerson Cléve, Laurita Vaz e Nancy Andrighi pagariam 26 vezes a aposta, Herman Benjamin, 21 vezes e Benedito Gonçalves renderia ao apostador 36 vezes o valor apostado.

Mariz de Oliveira não é o favorito entre os apostadores por acaso, o criminalista já livrou investigados em escândalos de corrupção e é crítico da operação Lava-Jato.

Já o azarão Benedito Gonçalves é ministro do STJ e é investigado na Lava-Jato após ter sido citado na delação de Léo Pinheiro, empreiteiro e amigo de Lula.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

1º smart city social está sendo construída em Croatá, interior do Ceará

A empresa italiana Planet escolheu o Ceará para implantar seu projeto de cidade inteligente. O conceito das smart cities são espaços urbanos planejados que unem tecnologia e sustentabilidade.



Com capital próprio, a Planet desenvolverá complexo residencial, comercial e industrial imerso em tecnologia e baseado nos pilares de baixo custo, social e eco sustentabilidade. Ainda na primeira fase do projeto, 90 hectares estão sendo construídos, com investimento de 18 milhões de euros.


O complexo, formado pelo Laguna Residencial e pelo Industrial Ecopark, tem 6.300 lotes. Nesse espaço, haverá bicicletas e carros compartilhados, fiação subterrânea, wifi gratuito, tratamento de água, esgoto e não necessitará de coleta de lixo por caminhão. Basta jogar o lixo na cesta que ele será automaticamente recolhido por sucção. Os moradores terão acesso a aplicativos para controle de seus consumos de luz e água, acesso a promoções, divulgar vagas e oportunidades de emprego, compartilhar objetos e até comida que tenha sobrado com os vizinhos.

Na área industrial, já está instalada a fábrica da italiana SG Premoldados, responsável por fornecer o material de construção do empreendimento.

O município de São Gonçalo do Amarante foi escolhido pela indicação da revista The Economist sobre os dez lugares do mundo que mais devem se desenvolver. A publicação apontava a região do porto de Pecém.

Quem comprar lote no Laguna poderá ter sua casa construída pela Planet ou pode mandar construir. Porém, devem ser seguidos padrões de obra, como recuo, altura, tamanho do imóvel e funcionalidade. Caso o terreno seja área planejada para comércio, a construção deve seguir o planejamento.

Os lotes residenciais já estão à venda e os preços variam entre 21 e 27 mil reais, valor que pode ser parcelado em até 120 vezes.

As obras podem ser acompanhadas pelo site e Facebook da empresa.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

O amor verdadeiro pode ser bem diferente do que a gente pensa

Você já se perguntou como histórias de amor podem se transformar em brigas, traições e separação? O que acontece? O amor acaba?

Uma frase de Menachem Mendel Morgenstern, o rabino de Kotzk no século XIX, traz uma boa reflexão sobre o assunto.

Em um jantar do sábado judaico, um dos presentes teria dito que amava peixe. Ao que o rabino respondeu: “Você não ama peixe. Se você amasse o peixe, você não o teria matado e o cozinhado no fogo”. Quem aprecia peixe, não ama o animal. Apenas sente prazer porque satisfaz seu paladar e apetite.



Apesar da definição da palavra indicar sentimento que leva uma pessoa a desejar o bem a outros, o amor, como o termo é comumente usado, é muito mais utilitário do que gostamos de pensar.

Por isso tantos relacionamentos tem se tornado descartáveis, um intercâmbio a curto prazo de prazeres e confortos mutuamente acordados até cessar a provisão de prazeres ou encontrar melhores acomodações em outro lugar.

O amor verdadeiro ama pelo que o outro é e não pelo que o outro faz por nós, o que eles precisam satisfazer ou como eles podem ser usados.

sábado, 14 de janeiro de 2017

Ensaio de divórcio de Josi Manhães

O casamento da professora capixaba Josiane Manhães durou apenas dois meses, tempo que levou para descobrir a traição do ex-marido.


Para superar o trauma, Josi escolheu se desfazer de tudo que lembrava o casamento, inclusive o vestido de noiva.


Aproveitou para usá-lo em um ensaio sensual para recuperar a auto-estima.

“Carta para o amor que acabou...” Obrigada! Obrigada por ter sido apenas por 2 meses meu engano; Obrigada por não usufruir mais do meu sorriso, do meu corpo, da minha companhia, da minha alma, de tudo que com total sinceridade te entreguei; Obrigada por ter me feito acreditar em contos de fadas pelo menos “uma vez” na vida; Obrigada por tirar de mim qualquer ilusão que me fizesse crer em um homem, um amigo, um parceiro, um cristão; Obrigada por não permanecer! Obrigada por me deixar mais forte, sem ilusões; Mesmo que eu diga que vou ti esquecer, é mentira !!!! PORQUE A MULHER QUE ME TORNEI É RESULTADO DA SUA TRAIÇÃO, e mesmo que por um segundo eu quiser acreditar de novo ...vou lembrar sempre do que você, meu melhor amigo, parceiro, cristão, foi capaz de fazer comigo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! FOTOS: Filipe Aragao PRODUÇÃO: João Marcos Soares APOIO: Carlos Eduardo e Bar Taberna Rock Tattoo ARTE DO VESTIDO: Vinicius Bianchi
Uma foto publicada por Josi Manhães (@josianesmanhaes) em

Apesar da dificuldade de superar algo como a traição e o divórcio, Josi decidiu virar a página e recomeçar a vida.

Uma foto publicada por Josi Manhães (@josianesmanhaes) em

Uma atitude corajosa e inspiradora para muitas mulheres.

Capa da revista EXAME debocha do trabalhador

Depois do Jornal Nacional mostrar os benefícios de trabalhar na velhice, a revista EXAME resolveu apoiar a reforma da previdência de forma ainda mais descarada.


De acordo com a capa da revista, o roqueiro Mick Jagger, de 73 anos, é símbolo de uma nova era no trabalho.


Comparar quem é dono do próprio negócio com o trabalhador é um deboche. A reação foi imediata.


É curioso que os presidentes neoliberais que fizeram a reforma da previdência já se aposentaram há muito tempo com todas as regalias possíveis.


E segue a luta de classes brasileira.


Cada vez menos direitos para a classe trabalhadora enquanto a elite amplia seus privilégios e se torna ainda mais rica. Onde vamos parar?

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Camponês com bicicleta comum ultrapassa atletas profissionais

Dois atletas profissionais europeus em busca de um recorde no ciclismo foram surpreendidos por um trabalhador colombiano, que os ultrapassou sem dificuldade.



Luís pedala 100 quilômetros diariamente a uma altitude de 2.000 metros enquanto o francês Axel Carion e o sueco Andreas Fabricius pretendem percorrer os 11 mil quilômetros entre Cartagena e Ushuaia em menos de 58 dias.


O trajeto da dupla pode ser acompanhado no site e nas redes sociais do desafio, que também pretende doar 16 mil euros para a causa dos Bombeiros Sem Fronteiras.

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Criticando o machismo no país mais machista do mundo

Lançado pelo diretor saudita Majed Alesa, o clipe Hwages critica abertamente as restrições impostas às mulheres na Arábia Saudita.



De acordo com a lei islâmica adotada no país, as mulheres não podem dirigir, nem viajar desacompanhadas de um homem da família. A vestimenta também segue a interpretação da sharia. Elas devem usar a abaya, um longo vestido preto de manga longa que cobre totalmente o corpo.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Acidente, Michel Temer?

Quatro dias depois do massacre em presídio de Manaus, que deixou 60 detentos mortos, Michel Temer resolveu se pronunciar. Até o papa já havia se manifestado, mas o presidente do Brasil ainda estava analisando a situação.



Como sempre, Temer foge da responsabilidade e desconversa enquanto o mundo inteiro sabe exatamente o que acontece por aqui.


Para o francês Le Monde, “as rebeliões são frequentes nas prisões do Brasil, cuja superlotação é regularmente denunciada por organizações de defesa dos direitos humanos”.


New York Times lembra que, desde o massacre do Carandiru em 1992, as autoridades brasileiras prometeram acabar com a superlotação e combater as gangues nos presídios. “Mas o aumento das prisões por pequenos delitos relacionados com o tráfico inchou o sistema penitenciário, e rebeliões continuam acontecendo em todo o país.”

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Governo provoca discussão com campanha que afirma que gente boa pode matar

Criada para chamar a atenção para as mortes no trânsito causadas pela desatenção dos motoristas, a nova campanha do Ministério dos Transportes gerou debate nas redes sociais.


Como provocação a publicidade atinge o objetivo, resta saber se o público realmente entendeu a mensagem e se ficou claro da forma como foi apresentada.


Na faculdade de comunicação se ensina que mais importante é o que o público entende e não o que se pretendia dizer, por isso a necessidade de ser claro e objetivo.



A polêmica em torno da campanha acabou gerando bastante repercussão negativa e críticas ao governo.


Outro motivo para as críticas recebidas é o desconforto causado pela publicidade que, por ser chocante demais, teria ofendido o público que se viu retratado nos anúncios.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

E essa mistura de bicicleta elétrica com esteira ergométrica?

Na terra das bicicletas, o holandês Bruni Bergmeester resolveu inovar e criou uma versão elétrica com esteira ergométrica. A invenção, que parece mais com um patinete, está chamando a atenção pela praticidade.



Equipada com baterias com autonomia para percorrer entre 50 e 70 quilômetros, a Lopifit pode fazer até 25 km/h e está à venda em 45 localidades que podem ser consultadas no site da empresa.